Tour de France – 16ª etapa – Vaison-la-Romaine – Gap

Última semana

Depois de um merecido dia de descanso após subirem o Mont Ventoux, os ciclistas finalmente chegarão aos alpes em um dia de transição. Partindo de Vaison-la-Romaine, eles seguem até Gap, já nos Alpes. A área de Vaison-la-Romaine, no departamento de Vaucluse, começou a ser habitada na idade do bronze e foi uma importante cidade do império romano na Gália (França). Gap é a capital do departamento de Hautes-Alpes (Altos Alpes).

Ruínas romanas em Vaison-la-Romaine

 

O percurso

Uma etapa relativamente curta, com 168km e algumas montanhas. Logo aos 17km, os ciclistas encontram Côte de la Montagne de Bluye (cat-3, 5,7km, 5,6%). Mais adiante, após 48km fica o topo de Col de Macuègne (cat-2, 7,6km, 5,2%). Ambas são bons pontos para uma fuga se formar. Com a semana apenas começando, os ciclistas no topo da classificação geral devem preferir uma etapa calma. Sem montanhas até bem próximo do final, o sprint intermediário fica em Veynes, a 45km do fim. A 21km da chegada, a última montanha do dia, Col de Manse (cat-2, 9,5km, 5,2%). Apesar de não ser uma montanha muito difícil, a descida até Gap é bastante complicada.

Na edição de 2003, Joseba Beloki descia à frente de Lance Armstrong quando caiu e praticamente encerrou sua carreira ali. Para evitar Beloki, Armstrong seguiu enconsta abaixo como numa corrida de cyclo-cross, encontrando o pelotão na curva seguinte. Em 2011, Andy Schleck perdeu 1 minuto na descida debaixo de chuva.

Perfil da 16ª etapa.

 

Começo agitado, calmaria na metade, trens (de verdade)

Ontem, durante o dia de descanso, a Vacansoleil confirmou que Danny van Poppel, de 19 anos, não iria continuar no Tour. O objetivo de ganhar experiência foi cumprido e a equipe preferiu o poupar de uma duríssima semana de montanhas. Antes do início da etapa, a FDJ.fr também confirmou que Thibaut Pinot não estava fora da última semana, devido a uma infecção na garganta, além do conhecido problema de descidas.

Logo no início, vários ataques buscavam formar a fuga do dia e forçavam um ritmo bastante alto. Aos 10km 20 ciclistas, incluindo Peter Sagan (Cannondale) e Jens Voigt (RadioShack), abrem uma vantagem de alguns segundos. Pouco depois mais 12 ciclistas formam um grupo intermediário, se juntando ao grupo da frente alguns quilômetros adiante. Ryder Hesjedal (Garmin) ganha a 1ª montanha à frente de Laurent Didier (RadioShack). O pelotão respondeu e esse grupo se desfez em vários grupos menores, restando Andreas Kloden (RadioShack) e Adam Hansen (Lotto) à frente à medida que alguns desses grupos eram absorvidos. Faltando 130km, a fuga finalmente se formou com 26 ciclistas, abrindo 2:35 para o grupo de Chris Froome (Sky).

Na montanha seguinte, Johnny Hoogerland (Vacansoleil) fica com os pontos. Na fuga, o melhor colocado era Daniel Navarro (Cofidis), 20º a 23:36 de Froome, muito longe para dar qualquer dor de cabeça aos capitães. Próximo à zona de alimentação, a 70km do fim, a diferença passava de 7:00, indicando boas chances da fuga permanecer até o final. Alguns quilômetros adiante, a diferença aumentou rapidamente para mais de 8 minutos, devido ao pelotão ter que esperar um trem atravessar a pista.

50km para o final e diferença entre o pelotão liderado pela Sky e a enorme fuga permanecia em cerca de 9:30. No sprint intermediário, Thomas De Gendt (Vacansoleil) ataca sozinho na fuga, que não reage, e fica com os 20 pontos, com Hoogerland em 2º. Ainda a 38km do final, Blel Kadri (Ag2R) e Jean Marc Marino (Sojasun) atacam e ganham uma pequena vantagem da fuga.

Col de Manse, quedas e ataque português

Na montanha, Kadri e Marino logo são alcançados por Hansen, que lança um ataque ganhando alguma vantagem mas também logo sendo alcançado pela fuga. Rui Costa (Movistar), vencedor do Tour de Suisse de 2012 e 2012, ataca e abre boa vantagem para Jerome Coppel (Cofidis), que logo é alcançado pelo que sobrou da fuga.

No pelotão, 11 minutos atrás de Rui Costa quando este passa pelo topo da montanha, a Katusha ataca com alguns atletas para Joaquim Rodriguez. Sky responde com Richie Porte que aumenta muito o ritmo, trazendo um pequeno grupo com Froome, Nairo Quintana e Alejandro Valverde (Movistar), Alberto Contadore Roman Kreuziguer (Saxo-Tinkoff), Rodriguez (Katusha) e Bauke Mollema (Belkin). Laurens Ten Dam (Belkin) e Jakob Fuglsang (Astana), bem colocados na geral, não conseguem acompanhar o ritmo e ficam um pouco para trás. Contador ataca algumas vezes, revezando com Kreuziger, mas não conseguem abrir devido às boas respostas de Porte.

Na complicada descida, Rui Costa consegue abrir quase 50 segundos para o grupo perseguidor que tem Kloden, Arnold Jeanneson (FDJ), Christophe Riblon (Ag2R) e Coppel. Em um novo ataque de Contador, Porte cede e é deixado para trás, com Froome tendo que responder sozinho. Kreuziger também ataca, forçando outra resposta de Froome. próximo ao topo, o grupo de Fulgsang e Ten Dam perdia 1 minuto para o grupo de Froome, que tinha Porte novamente. Na marca de último quilômetro para o final, Costa olha para trás, vê a distância que tinha para os perseguidores e comemora bastante com a equipe no carro sua segunda vitória no Tour de France, depois da 8ª etapa de 2011.

Mesmo na descida, Contador ataca várias vezes, forçando reações de Froome. Contador leva um pequeno tombo, forçando Froome a tirar o pé do pedal e ir um pouco para a grama para não cair, ficando os dois para trás. Porte espera Froome e Contador, depois tentando diminuir a diferença para o restante do grupo original. Próximo à chegada, o grupo se junta novamente. Na aproximação, várias conversas e olhares nada amigáveis entre os ciclistas do grupo de Froome, provavelmente por alguns terem atacado quando Contador e Froome caíram, Froome reclamando com Contador por não ter ajudado na perseguição após ter causado a queda, coisa que o espanhol não tinha muito interesse, uma vez que Froome tinha Porte para isso, Contador também fazendo sinal de positivo de forma irônica para Quintana e Valverde por terem “esperado” ele, e vários outros motivos.

Tweets do dia

Resultados

Bela vitória do português Rui Costa, que viu suas chances na classificação geral sumirem na 13ª etapa quando teve que esperar Valverde e perdeu vários minutos. Finalmente a França consegue ficar entre os 3 primeiros numa etapa, com Riblon e Jeanneson. A Radioshack, que teve 3 atletas na fuga, assume a ponta na classificação por equipes.

Classificação da etapa

  1. Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team    3:52:45
  2. Christophe Riblon (Fra) AG2R La Mondiale    0:00:42
  3. Arnold Jeannesson (Fra) FDJ.fr    0:00:42
  4. Jerome Coppel (Fra) Cofidis, Solutions Credits    0:00:42
  5. Andreas Klöden (Ger) RadioShack Leopard    0:00:42
  6. Tom Dumoulin (Ned) Team Argos-Shimano    0:01:00
  7. Mikel Astarloza Chaurreau (Spa) Euskaltel-Euskadi    0:01:01
  8. Philippe Gilbert (Bel) BMC Racing Team    0:01:04
  9. Cameron Meyer (Aus) Orica-GreenEdge    0:01:04
  10. Ramunas Navardauskas (Ltu) Garmin-Sharp    0:01:04

Classificação geral

  1. Christopher Froome (GBr) Sky Procycling    65:15:36
  2. Bauke Mollema (Ned) Belkin Pro Cycling Team    0:04:14
  3. Alberto Contador Velasco (Spa) Team Saxo-Tinkoff    0:04:25
  4. Roman Kreuziger (Cze) Team Saxo-Tinkoff    0:04:28
  5. Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team    0:05:47
  6. Laurens Ten Dam (Ned) Belkin Pro Cycling Team    0:05:54
  7. Joaquim Rodriguez Oliver (Spa) Katusha    0:07:11
  8. Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team    0:07:22
  9. Jean-Christophe Peraud (Fra) AG2R La Mondiale    0:08:47
  10. Daniel Martin (Irl) Garmin-Sharp    0:09:28

Classificação por pontos

  1. Peter Sagan (Svk) Cannondale Pro Cycling    377
  2. Mark Cavendish (GBr) Omega Pharma-Quick Step    278
  3. André Greipel (Ger) Lotto Belisol    223
  4. Marcel Kittel (Ger) Team Argos-Shimano    177
  5. Alexander Kristoff (Nor) Katusha    157
  6. Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Movistar Team    145
  7. Juan Antonio Flecha Giannoni (Spa) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team    110
  8. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step    101
  9. Daryl Impey (RSA) Orica-GreenEdge    91
  10. Thomas De Gendt (Bel) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team    84

Classsificação de montanhas

  1. Christopher Froome (GBr) Sky Procycling    83
  2. Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team    66
  3. Mikel Nieve Ituralde (Spa) Euskaltel-Euskadi    53
  4. Pierre Rolland (Fra) Team Europcar    51
  5. Roman Kreuziger (Cze) Team Saxo-Tinkoff    28
  6. Joaquim Rodriguez Oliver (Spa) Katusha    28
  7. Richie Porte (Aus) Sky Procycling    28
  8. Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team    24
  9. Bauke Mollema (Ned) Belkin Pro Cycling Team    20
  10. Alberto Contador Velasco (Spa) Team Saxo-Tinkoff    20

Classificação dos jovens

  1. Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team    65:21:23
  2. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step    00:03:50
  3. Andrew Talansky (USA) Garmin-Sharp    00:07:45
  4. Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale    00:19:03
  5. Arthur Vichot (Fra) FDJ.fr    00:53:20

Classificação das equipes

  1. RadioShack Leopard    195:00:32
  2. Team Saxo-Tinkoff    00:03:11
  3. Ag2R La Mondiale    00:04:04
  4. Movistar Team    00:14:00
  5. Belkin Pro Cycling    00:19:08

Ciclista mais combativo: Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team

Próxima etapa

Último contra-relógio dessa edição. 32km entre Embrum e Chorges, com duas montanhas categoria 2 entre elas. Além de habilidade na subida, as descidas também exigirão bastante atenção. Será que Froome consegue consolidar mais ainda sua liderança?

Perfil da 17ª etapa.

4 comentários sobre “Tour de France – 16ª etapa – Vaison-la-Romaine – Gap

  1. Pingback: Tour de France – 17ª etapa – Embrun – Chorges | Ciclocoisas

  2. Pingback: Tour de France – 18 etapa – Gap – Alpe-d’Huez | Ciclocoisas

  3. Pingback: Tour de France – 19ª etapa – Bourg-d’Oisans – Le Grand-Bornand | Ciclocoisas

  4. Pingback: Tour de France 2013 – Conclusão | Ciclocoisas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s