Tour de France – 10ªetapa – Saint-Gildas-Des-Bois – Saint Malo.

Dia teoricamente calmo na terra de Asterix

De volta depois do primeiro dia de descanso dessa edição, 197km cruzando a Bretanha entre Saint-Gildas-Des-Bois e Saint-Malo, no noroeste da França. Saint-Malo é uma importante cidade portuária e turística da Bretanha. No passado, Saint-Malo também foi um refúgio de corsários e mesmo piratas.

Cidade murada de Saint-Malo

Percurso

O percurso é consideravelmente plano, apesar de várias ondulações. O sprint intermediário fica a pouco menos de 70km do final. A única montanha do dia, Côte de Dinan (cat-4, 1km, 4,2%), encontra-se 15km depois do sprint. Algo para os ciclistas tomarem cuidado é o forte vento do litoral Bretão. Nos últimos km o pelotão faz uma curva fechada à esquerda e segue ao longo do litoral. Especialmente sprinters e ciclistas no topo da classificação geral devem tomar cuidado para não ficar para trás caso o pelotão se divida com o vento. O final não oferece muitas dificuldades em termos de curvas e elevações, o que deve levar a um final em sprint.

Perfil da 10ª etapa.

Primeiros km, sprint e montanha

A fuga do dia se formou com Julien Simon (Sojasun), Juan Jose Oroz (Euskaltel), Luis Mate (Cofidis), Jêrome Cousin (Europcar) e Lieuwe Westra (Vacansoleil), ainda nos primeiros km. Entre eles, Oroz era o melhor colocado na classificação geral, a mais de 1h de Froome. Após 50km, a fuga tinha uma vantagem de 4:40.

No sprint intermediário, Mate ficou com os 20 pontos. Cannondale liderou o sprint do pelotão para Sagan, que deixou para acelerar muito perto da linha. André Greipel (Lotto) lançou um pouco mais cedo e ficou com os 10 pontos, seguido por Sagan e Mark Cavendish (Omega). Pouco mais de 10km à frente, Westra lança um forte ataque e fica com o único ponto disponível nas ruas lotadas de Côte de Dinan, única montanha do dia. Após a montanha ele ainda permaneceu alguns km à frente da fuga, sendo alcançado um pouco depois.

Final tenso

Faltando 37km para o final, o vento já castigava o pelotão e a desorganizada fuga, que tinha uma diferença de pouco menos de 2 minutos. 3km depois, já estava em 1:30 e logo chegou a 1:00. O motivo das equipes para acelerar o ritmo é  ficar na frente do pelotão justamente para evitar surpresas como quedas e ventos fortes.

Quando o pelotão encontrou um forte vento lateral na costa, a Saxo-Tinkoff, de Contador, acelerou o ritmo para tentar dividir as equipes e garantir a segurança de seu líder, também aproveitando uma pequena subida aos 21km em Cancale. Saindo de Cancale, uma pequena queda com alguns poucos ciclistas, incluindo Juan Antonio Flecha (Vacansoleil). Westra foi o primeiro da fuga a ficar para trás e ser alcançado pelo pelotão.

Com a mudança de direção, o vento fica mais a favor do que lateral, mas alguns ciclistas ainda acabaram ficando para trás no pelotão.  Uma queda deixa Svein Tuft (Orica) e Andrew Talansky (Garmin) para trás. O americano foi o grande perdedor do dia, chegando 1:40 depois do vencedor e caindo mais um pouco na classificação geral. Na frente, Lotto, Argos e Omega começavam a se organizar para o sprint, distante 10km. Nesse ponto a diferença para a fuga some do relógio, se tornando apenas visual.

Chegando aos 7km, David Millar (Garmin) é deixado pelo pelotão após um longo turno na frente do mesmo. Omega se formava à direita com 7 atletas, ao lado da Argos (6), com Lotto (5) pela esqueda, com 3 atletas da Orica mais ao centro. Entre os 6 e os 5km, a fuga é alcançada. Os últimos ataques dos fugistas tentando sobreviver misturando os trens, e a Cannondale veio para frente trazendo Sagan. Saxo-Tinkoff e Sky se revezavam do lado direito protegendo Contador e Froome respectivamente.

Nos últimos 3km, divisórias no meio da pista complicavam a vida dos trens. 2km para o final e Lotto tinha 5 atletas na frente, com Sagan na roda de Greipel. No último km, a Argos rouba o lugar de Sagan, que fica para trás. Marcel Kittel (Argos) e Cavendish disputavam a roda de Greipel, com Tom Veelers (Argos) ainda embalando Kittel. Com a largada para o sprint, Veelers, já lento após embalar Kittel, entra no caminho de Cavendish, levando uma ombrada, caindo, e embaralhando o sprint atrás dos favoritos. Kittel segue o vácuo de Greipel, o passando próximo ao final. 2ª vitória de Kittel nessa edição. Greipel, Cavendish, Sagan e William Bonnet (FDJ) completam os 5 primeiros.

Mark Cavendish vs. Tom Veelers

Logo após a corrida, a discussão era a respeito da colisão entre Cavendish e Veelers. Olhando o replay, Cavendish parte pela direita de Veelers, tentando voltar para a esquerda. Veelers, já lento, aparentemente não percebe Cavendish, entrando no seu caminho. Cavendish dá a tipica ombrada de sprinter, talvez forte demais, derrubando Veelers. Na transmissão da ESPN, a opinião era que Cavendish era o culpado pela queda, enquanto que na internet havia divisão entre essa posição ou de que havia sido um incidente de corrida. No final, a decisão do júri da corrida inocentou Cavendish.

Colisão Cavendish/Veelers

Tweets do dia

 

Resultados

Classificação da etapa

  1. Marcel Kittel (Ger) Team Argos-Shimano    4:53:25
  2. André Greipel (Ger) Lotto Belisol
  3. Mark Cavendish (GBr) Omega Pharma-Quick Step
  4. Peter Sagan (Svk) Cannondale Pro Cycling
  5. William Bonnet (Fra) FDJ.fr
  6. Alexander Kristoff (Nor) Katusha
  7. Samuel Dumoulin (Fra) AG2R La Mondiale
  8. Kévin Reza (Fra) Team Europcar
  9. Danny van Poppel (Ned) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team
  10. Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Movistar Team

Classificação geral

  1. Christopher Froome (GBr) Sky Procycling    41:52:43
  2. Alejandro Valverde Belmonte (Spa) Movistar Team    00:01:25
  3. Bauke Mollema (Ned) Belkin Pro Cycling Team    00:01:44
  4. Laurens Ten Dam (Ned) Belkin Pro Cycling Team    00:01:50
  5. Roman Kreuziger (Cze) Team Saxo-Tinkoff    00:01:51
  6. Alberto Contador Velasco (Spa) Team Saxo-Tinkoff    00:01:51
  7. Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team    00:02:02
  8. Daniel Martin (Irl) Garmin-Sharp    00:02:28
  9. Joaquim Rodriguez Oliver (Spa) Katusha    00:02:31
  10. Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team    00:02:45

Classificação por pontos

  1. Peter Sagan (Svk) Cannondale Pro Cycling    269pts
  2. André Greipel (Ger) Lotto Belisol    186
  3. Mark Cavendish (GBr) Omega Pharma-Quick Step    166
  4. Marcel Kittel (Ger) Team Argos-Shimano    132
  5. Alexander Kristoff (Nor) Katusha    131
  6. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step    90
  7. Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Procycling    88
  8. Danny van Poppel (Ned) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team    87
  9. Juan Antonio Flecha Giannoni (Spa) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team    84
  10. Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Movistar Team    80

Classificação de montanhas

  1. Pierre Rolland (Fra) Team Europcar    49
  2. Christopher Froome (GBr) Sky Procycling    33
  3. Richie Porte (Aus) Sky Procycling    28
  4. Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team    26
  5. Mikel Nieve Ituralde (Spa) Euskaltel-Euskadi    21
  6. Alejandro Valverde Belmonte (Spa) Movistar Team    20
  7. Simon Clarke (Aus) Orica-GreenEdge    15
  8. Thomas De Gendt (Bel) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team    14
  9. Peter Kennaugh (GBr) Sky Procycling    14
  10. Daniel Martin (Irl) Garmin-Sharp    13

Classificação dos jovens

  1. Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team    41:54:45
  2. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step    00:01:23
  3. Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale    00:05:07
  4. Andrew Talansky (USA) Garmin-Sharp    00:09:13
  5. Thibaut Pinot (Fra) FDJ.fr    00:31:09

Classificação das equipes

  1. Movistar Team    124:51:44
  2. Team Saxo-Tinkoff    00:04:11
  3. Belkin Pro Cycling    00:05:22
  4. Ag2R La Mondiale    00:08:07
  5. RadioShack Leopard    00:14:07

Ciclista mais combativo: Jérome Cousin (Fra) Team Europcar

Próxima etapa

Amanhã, o primeiro contra-relógio individual, 33km entre Avranches e a bela Mont-Saint-Michel, um dos principais pontos turísticos da França. Apesar de plano, o vento será um fator importante na performance dos ciclistas. Essa etapa deve mudar um pouco a classificação geral, mas sem grandes mudanças como os contra-relógio de mais de 50km de 2012.

Perfil da 10ª etapa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s