Tour de France – 6ª etapa – Aix-en-Provence – Montpellier

Dia de sprinters. 176km separando Aix-en-Provence e Montpellier. Aix-en-Provence, também conhecida apenas por Aix, é uma cidade com pouco mais de 140 mil habitantes ao norte de Marselha. O famoso pintor Paul Cézanne nasceu e morreu em Aix, se referindo a ela em várias obras. Montpellier é a terceira maior cidade do sul da França, atrás de Marselha e Nice.

Na etapa de hoje, apenas uma montanha categoria 4, Col de la Vayède, logo após o sprint intermediário e a mais de 100km da chegada. Se faltam montanhas, o vento Mistral não perdoa soprando forte do Mediterrâneo e os ciclistas devem tomar cuidado para o pelotão não se dividir, como aconteceu em 2009. Dia de Cavendish, Greipel, Sagan e amigos.

Perfil da 6ª etapa.

Antes da prova, a principal ausência foi Jurgen Van Den Broeck (Lotto), que se envolveu no acidente na chegada da etapa anterior e não conseguiu iniciar com problemas no joelho. Maxime Bouet (AG2R) quebrou o pulso e também abandonou. Logo no início, Luis Maté (Cofidis) atacou sozinho e ninguém no pelotão respondeu, abrindo 3:20 de vantagem com 162km restantes. Pouco depois, a Omega foi para a frente do pelotão para manter a distância sob controle.

Com o sprint intermediário se aproximando, a vantagem de Maté sumiu após 44km de uma fuga solitária. Cannondale, Omega, Lotto se preparavam para o primeiro teste do dia. Greipel (Lotto) foi mais uma vez o mais rápido, seguido de Cavendish (Omega) e Kristoff (Katusha). Peter Sagan perdeu força no final e foi o 4º. Na pequena montanha logo adiante, Kanstantsin Siutsou (Sky) liderou o pelotão e ficou com o único ponto disponível.

Mais à frente, com uma mudança de direção faltando pouco menos de 100km para o final, a Sky aumentou o ritmo do pelotão com Ian Stannard. Nacer Bouhanni, principal sprinter de FDJ.fr já estava muito longe do pelotão e resolveu abandonar. Há alguns dias lutando contra problemas estomacais, não iria conseguir terminar no tempo limite hoje. Pouco depois outras equipes se juntaram à Sky e o ritmo continuou forte até a zona de alimentação, na metade da etapa. Após, Orica manteve um ritmo razoavelmente forte, que junto com os ventos desmotivavam qualquer tentativa de fuga. Faltando 52km para o final, a média de velocidade até aqui era de  pouco mais que 48km/h.

Dois pneus furados atrasaram um pouco Sagan, mas com ajuda de três companheiros ele pôde voltar para o pelotão. Aos 35km para o final, Mark Cavendish se envolveu em um acidente e teve ajuda de Peter Velits para voltar, aproveitando os carros para cortar o vento.

Com 11km para o final, Janez Brajkovic (Astana) caiu e dividiu o pelotão. Brajkovic ficou esperando atendimento médico para o joelho e voltou lentamente para a corrida, sendo levado para o hospital após a etapa, enquanto o ritmo aumentava na frente. Contador, Evans e Froome estavam seguros no grupo líder.

3km para o final e a Argos liderava para o sprint, com trens da Omega e Lotto se formando pouco atrás. Chegando ao último km, a Lotto toma a frente, com Sagan colado no vácuo de Greipel. Omega não consegue organizar seu trem como ontem, forçando Cavendish a iniciar seu sprint mais cedo e abrir caminho entre os outros ciclistas. Liderado com perfeição pelos companheiros Jurgen Roetlands e Greg Henderson, Greipel lança o sprint final e vence a etapa, seguido por Sagan e Kittel (Argos). Cavendish consegue recuperar terreno e chegar em 4º, apesar de ter ficado em 2º por alguns instantes.

No final, um pequeno grupo de 17 ciclistas se separou e abril 5 segundos de vantagem sobre o pelotão principal. Daryl Impey (Orica) chegou em 13º e se tornou o primeiro africano a vestir a Maillot Jaune.

Tweets do dia:

Classificação da etapa:

  1. André Greipel (Ger) Lotto Belisol    3:59:02
  2. Peter Sagan (Svk) Cannondale Pro Cycling
  3. Marcel Kittel (Ger) Team Argos-Shimano
  4. Mark Cavendish (GBr) Omega Pharma-Quick Step
  5. Juan Jose Lobato Del Valle (Spa) Euskaltel-Euskadi
  6. Alexander Kristoff (Nor) Katusha
  7. Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Movistar Team
  8. Danny van Poppel (Ned) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team
  9. Roberto Ferrari (Ita) Lampre-Merida
  10. Samuel Dumoulin (Fra) AG2R La Mondiale

Classificação geral:

  1. Daryl Impey (RSA) Orica-GreenEdge    22:18:17
  2. Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Procycling    0:00:03
  3. Simon Gerrans (Aus) Orica-GreenEdge    0:00:05
  4. Michael Albasini (Swi) Orica-GreenEdge    0:00:05
  5. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step    0:00:06
  6. Sylvain Chavanel (Fra) Omega Pharma-Quick Step    0:00:06
  7. Christopher Froome (GBr) Sky Procycling    0:00:08
  8. Richie Porte (Aus) Sky Procycling    0:00:08
  9. Nicolas Roche (Irl) Team Saxo-Tinkoff    0:00:14
  10. Roman Kreuziger (Cze) Team Saxo-Tinkoff    0:00:14

Classificação por pontos:

  1. Peter Sagan (Svk) Cannondale Pro Cycling    159pts
  2. André Greipel (Ger) Lotto Belisol    130
  3. Mark Cavendish (GBr) Omega Pharma-Quick Step    119
  4. Alexander Kristoff (Nor) Katusha    111
  5. Marcel Kittel (Ger) Team Argos-Shimano    87
  6. Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Movistar Team    71
  7. Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Procycling    66
  8. Danny van Poppel (Ned) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team    65
  9. Juan Jose Lobato Del Valle (Spa) Euskaltel-Euskadi    51
  10. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step    49

Classificação de montanhas:

  1. Pierre Rolland (Fra) Team Europcar    10pts
  2. Simon Clarke (Aus) Orica-GreenEdge    5
  3. Blel Kadri (Fra) AG2R La Mondiale    5
  4. Thomas De Gendt (Bel) Vacansoleil    5
  5. Mikel Nieve Ituralde (Spa) Euskaltel-Euskadi    3
  6. Cyril Gautier (Fra) Team Europcar    2
  7. Lars Boom (Ned) Belkin Pro Cycling Team    2
  8. Lars Petter Nordhaug (Nor) Belkin Pro Cycling Team    2
  9. Brice Feillu (Fra) Sojasun    2
  10. Alexis Vuillermoz (Fra) Sojasun    2

Classificação dos jovens:

  1. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-QuickStep 18:19:16
  2. Andrew Talansky (USA) Garmin Sharp    00:00:16
  3. Nairo Quintana (Col) Movistar    00:00:19
  4. Tejay Van Garderen (USA) BMC    00:00:25
  5. Peter Sagan (Svk) Cannondale    00:00:33

Classificação por equipes:

  1. Orica GreenEdge    66:03:04
  2. Sky Procycling    00:00:08
  3. Team Saxo-Tinkoff    00:00:19
  4. Movistar    00:00:25
  5. Garmin-Sharp    00:00:27

Ciclista mais combativo: André Greipel (Ger) Lotto Belisol

Vídeo da Orica GreenEdge sobre a etapa:

Amanhã, 205km entre Montpellier e Albi. Apesar de algumas montanhas pequenas, é possível que tenhamos outra chegada em sprint.

Perfil da 7ª etapa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s